Joana Levi




figurantes



Direção Artística: Cacá Carvalho

Elenco:
Daniel Ribeiro
Joana Levi
Juliana Grave
Laila Garin
Leonardo Ventura
Marcelo Valente
Raquel Tamaio

Espaço e Figurino: Márcio Medina

Luz: Fábio Retti

Produção Executiva: Pedro de Freitas, Adriano Rizk
Assistência de Produção: Lívia Gabriel

Dramaturgia: Cláudia Barral e elenco

Engenharia de Áudio: Ernani Napolitanno

Coordenação de Produção: Carla Pollastrelli

Colaboração Artística: Roberto Bacci

Consultoria sobre o Tema: textos de Luigi Lombardi Vallauri






OS FIGURANTES

Para a criação de OS FIGURANTES, terceiro e novo espetáculo da CASA LABORATÓRIO, cada um dos atores levou para a sala de ensaio algum universo de interesse pessoal.

Depois de um período de pesquisas individuais os trabalhos apresentados tinham referências temáticas das obras de Manuel de Barros, Vicente Cecim, Bernard-Marie Koltès, Samuel Beckett, Carlo Collodi e Clarisse Lispector.

Diante de trabalhos tão diversos a equipe de criação (atores, diretor e cenógrafo) se deparou com uma variedade de inquietações que só poderiam se relacionar no contexto do espaço urbano, na relação HOMEM X CIDADE.

No processo de criação dramatúrgica as referências iniciais são caladas dando vazão para que a relação espaço-corpo-tempo possa apontar novos caminhos e reconfigurar uma nova trajetória.

Surge a cidade e seus personagens. Cadeiras e praticáveis constroem o espaço cênico onde eles, viventes do ambiente urbano movem-se e deixam escapar seus pensamentos, fragmentos do seu cotidiano.

E desta "massa" de vidas saem os indivíduos, apresentados em cada uma das cenas que, assim como os sujeitos de uma metrópole, não necessariamente estão em relação.

O trabalho de dramaturgia aponta o foco e define as questões primordiais do estudo feito sobre as condições e configurações da vida urbana ambientalizada pela relação dos sons que compõem a ruído da cidade.